Como evitar a indigestão?

0
155

Queixa de desconforto gástrico acompanhado ou não de queimação, fermentação, náuseas e flatulência, pode acontecer devido ao consumo excessivo de alimentos sólidos ou líquidos ou pode ser sintoma de algum problema estomacal específico.A frequência neste tipo de queixa merece uma investigação clínica para descartar-se qualquer problema fisiológico, além de cuidados alimentares especiais.

Existem algumas atitudes que podem ajudar a evitar a indigestão:

-Procure mastigar devagar e dar tempo para a saliva agir nos alimentos. A saliva contém água, sais, muco e enzimas que iniciam a digestão de carboidratos enquanto ainda estão na boca;

-Evite exagerar na quantidade dos alimentos e líquidos em cada refeição. Valorize uma alimentação bem fracionada com pequeno volume em cada refeição;

-Procure não consumir líquidos durante as refeições. Consuma entre 1,5 a 2,0 litros de líquido no decorrer do dia, entre as refeições principais e lanches;

– O estresse e o nervosismo podem ocasionar desconforto gástrico, por isso procure fazer as refeições sem pressa, em ambiente tranquilo;

– Evite alimentos gordurosos, picantes, ácidos ou bebidas que provocam desconforto, como as gaseificadas, alcoólicas e cafeinadas;

– Evite alimentos excessivamente doces ou salgados;

– Prefira temperos naturais ao invés de condimentos e temperos industrializados;

– Fazer uma caminhada leve após a refeição, facilita a digestão, mas evite exercícios exaustivos;

– Evite comer e deitar logo em seguida, procure fazer as refeições pelo menos 2 horas antes de deitar;

– Evite o fumo;

– No caso de sobrepeso acentuado e obesidade, o emagrecimento melhora de maneira bem significativa os sintomas de indigestão;

– Existem vários medicamentos que podem auxiliar em casos de indigestão, porém não os utilize sem a devida orientação médica.

Texto revisado por Nícia Padilha.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here