Sobrecarga atrial esquerda (SAE)

0
5023

O termo sobrecarga atrial esquerda é comumente empregado em laudos de eletrocardiograma (exame que registra a atividade elétrica do coração em estado de repouso), ecocardiograma (exame de avalia as estruturas e função do coração através de ondas de ultrassom), entre outros exames cardiológicos.

A sobrecarga atrial esquerda é o aumento do volume do átrio esquerdo, câmara cardíaca localizada acima do ventrículo esquerdo. Essas duas câmaras são separadas pela válvula mitral. Durante a contração do ventrículo esquerdo (sístole ventricular), a válvula mitral permanece fechada para que o sangue saia do coração (sentido anterógrado), e não retorne para o átrio esquerdo (sentido retrógrado). O sangue rico em oxigênio movimenta-se em direção à circulação cerebral e ao restante do corpo humano, através da artéria aorta e seus ramos.

Inúmeras são as causas de sobrecarga ventricular esquerda: hipertensão arterial, doenças da válvula mitral (estenose ou insuficiência da válvula mitral), doenças da válvula aórtica (estenose ou insuficiência da válvula aórtica), cardiomiopatias (dilatada, restritiva ou hipertrófica), doença arterial coronariana, fibrilação atrial permanente (arritmia que tem origem nos átrios, que pode ser causa ou consequência da sobrecarga atrial esquerda), entre outras doenças.

A sobrecarga atrial esquerda poderá ocorrer isoladamente ou associada à sobrecarga atrial direita (câmara cardíaca localizada acima do ventrículo direito). Essa última condição é chamada de sobrecarga biatrial.

No eletrocardiograma o diagnóstico da sobrecarga atrial esquerda é feito através da análise da onda P nas derivações D2 e V1. Eventualmente, em alguns laudos de eletrocardiograma, o termo sobrecarga atrial esquerda poderá ser substituído pela abreviatura SAE.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here