Teste da caminhada dos seis minutos em portadores de insuficiência cardíaca

0
300

Um estudo  avaliou a utilidade do teste de caminhada de seis minutos como indicador de risco e sua contribuição na prática clínica diária de pacientes com insuficiência cardíaca (coração fraco).

O teste de caminhada de seis minutos foi empregado em 179 pacientes (120 homens, 59 mulheres; idade média de 58 anos), portadores insuficiência cardíaca de moderada à severa gravidade, com redução da fração de ejeção do ventrículo esquerdo (exame que avalia a força de contração do coração durante um ecocardiograma).

Os pacientes realizaram o teste de caminhada de seis minutos e, 4 horas depois, o teste ergométrico convencional (teste de esforço) limitado por sintomas (exaustão), e foram acompanhados por um período médio de dezoito meses. A distância média percorrida no teste de caminhada seis minutos foi de 521 metros.

Durante o acompanhamento,  66 pacientes (36,9%) morreram. Houve uma correlação significativa entre a distância percorrida no teste de caminhada de seis minutos e o risco de mortalidade. A análise estatística identificou a distância percorrida durante o teste  de caminhada de seis minutos como o mais forte indicador independente de mortalidade.

A distância caminhada  menor que 520 metros identificou os pacientes com maior probabilidade de óbito. O teste de caminhada de seis minutos é um método simples, seguro e potente de avaliação prognóstica de portadores de insuficiência cardíaca moderada à severa. É um exame objetivo, que pode substituir o teste ergométrico convencional na avaliação de risco desses pacientes.

Fonte: Arquivos Brasileiros de Cardiologia.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM PR 13700.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here