Uso de antidepressivo evita tabagismo em 50% dos cardiopatas, aponta estudo

0
166

Um estudo teve como objetivo avaliar a efetividade e  tolerância de um antidepressivo, chamado de bupropiona, no tratamento de fumantes com doenças cardiovasculares.

A bupropiona é um antidepressivo que atua em neurotransmissores cerebrais, como a noradrenalina e dopamina. Os autores do estudo observaram que 50% dos tabagistas cardiopatas, deixaram de fumar enquanto usaram este medicamento.

A bupropiona foi prescrita de forma exclusiva para tratamento do tabagismo em 100 pacientes cardiopatas durante 12 semanas. O seguimento total foi de 52 semanas. As variáveis estudadas foram sexo, idade, número de cigarros, concentração de monóxido de carbono, escala de dependência de nicotina, escala de depressão, escala de ansiedade, consumo de álcool, número de diagnósticos adicionais ao tabagismo, efeitos colaterais adversos, e consumo de medicamentos concomitantes à bupropiona.

A taxa de sucesso depois de 12 semanas foi de 50% (período de usom do remédio) e depois de 52 semanas, de 25%. A análise estatística revelou que o envelhecimento foi positivamente associado ao sucesso e que o agravo da condição clínica, observado pelo maior número de diagnósticos associados ao tabagismo, foi negativamente associado ao sucesso.

A bupropiona mostrou-se segura e com boa efetividade no tratamento de fumantes portadores de doenças cardiovasculares, especialmente durante a fase de uso do medicamento (12 semanas).

Fonte:Arq Bras Cardiol(2007).

www.portaldocoracao.com.br  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here