Mudança de estilo de vida pode reduzir a incidência de câncer, diz estudo

0
169

Simples mudanças no estilo de vida e no meio ambiente poderiam ajudar a reduzir o número de mortes de câncer no mundo de forma significativa, segundo estudo de cientistas da Universidade de Harvard (Boston, Estados Unidos).

Os especialistas conseguiram determinar que, de 7 milhões de mortes por câncer em 2009, 2,43 milhões estavam ligadas a fatores de risco que poderiam ser modificados. Entre eles estão alimentação ruim, fumo, álcool, obesidade, falta de exercício e poluição do ar, segundo o estudo publicado na revista especializada The Lancet.

As conclusões são baseadas em uma análise ampla de estudos científicos e outras fontes, como relatórios governamentais.

Renda

Os cientistas de Harvard concluíram que em países de renda média e baixa, os fatores de risco mais importantes são fumo, álcool e baixo consumo de frutas e verduras.

Em países de renda alta, fumo, álcool e obesidade têm papel preponderante.

O médico Majid Ezzati, chefe da equipe, disse que o fumo é de longe o fator de risco mais importante, responsável por 21% das mortes de câncer em todo o mundo.

“A prevenção por meio de estilo de vida e mudanças ambientais permanece como o principal caminho para reduzir os casos de câncer no mundo”, disse ele.

“Se implementada, a queda à exposição a fatores de risco bem conhecidos de comportamento e meio ambiente, poderia prevenir uma proporção substancial de mortes por câncer.”

Fonte: The Lancet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here