Saiba quais são os peixes mais ricos em Ômega-3

0
256

O peixe é um alimento realmente indispensável em um cardápio saudável. Muitos estudos realizados ao longo do tempo reafirmam a grande participação dos peixes na prevenção de doenças cardiovasculares e no aumento da qualidade de vida das pessoas.

No  Japão, acredita-se que a ingestão abundante de peixes risco em  Ômega-3  seja fator determinante das baixas taxas de doenças cardiovasculares neste país.

A carne do peixe é privilegiada por ser rica em ácidos graxos Ômega-3, um tipo de gordura excelente para saúde, pois diminui o LDL-colesterol (“colesterol ruim”), que é altamente  prejudicial ao organismo quando em índices elevados no sangue. Além disso, quando comparado à carne vermelha e ao frango, os peixes apresentam em sua composição nutricional índices muito menores de gordura saturada e de colesterol (principalmente os peixes de carnes brancas).

O ideal é procurar consumir, em torno de 2 a 3 porções por semana para que estes efeitos benéficos sejam atingidos. Na escolha de um peixe procure não levar em conta apenas o seu valor calórico, mas também os valores nutricionais. Receitas de peixes ricos em ômega-3 estão cada vez mais em alta. Além de deliciosas proporcionam a combinação mais desejada da culinária atual: “prazer com o paladar e qualidade de vida”

Veja a quantidade de ômega 3 presente em 100 grama de alguns peixes:

– Arenque: 1,2 a 3,1 gramas.

– Sardinha: 1,5 a 2,5 gramas.

– Salmão: 1,0 a 1,4 gramas.

– Atum: 0,5 a 1,6 gramas.

– Bacalhau: 0,2 a 0,3 gramas.

– Linguado: 0,2 a 0,3 gramas.

Autora: Ana Flávia Pinheiro – Nutricionista- CRN 1104.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here